31 de março de 2012

Ando tardia

Varal de poesias. IC II- UFES, 2004


14 comentários:

Anônimo disse...

Por que você escreve ou escrevia?

Ligia Maria Protti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ligia Maria Protti disse...

Escrevo porque algo me pulsa dentro, é uma necessidade. E vc, escreve?

D disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ligia Maria Protti disse...

suspeitei desde o princípio!
deixei um comentário por lá, o clima estava bem cinza. é claro que não vou tirar, afinal as entranhas já estão expostas. qual sobrenome coloca, itaboraí?

D disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ligia Maria Protti disse...

tá bem, entranhas expostas às escondidas

D disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
D disse...

Pô, vc botou meu nome e sobrenome. Do me a solid here and take them out, please.

A última coisa que eu quero é qualquer que eu pessoa que eu conheço ou com quem eu trabalhe se esbarrar com aquele blog. Faz favor fia!

Ligia Maria Protti disse...

repensando a tua pergunta, acho que escrevo porque é a minha e pra ser tb, em ambos os casos, lida

D disse...

brigadu

D disse...

eu costumava achar que existia alguma dignidade em escrever, ou mesmo propósito. Algum tipo de catarse pra alma ou qualquer coisa do tipo ... mas hoje eu vejo mais como um hobby, como fazer canecas de cerâmica ou pintar quadros, só que a sujeira que fica pra trás é mais fácil de limpar

Ligia Maria Protti disse...

faz, com essa que fica pra trás, uma escultura, transforma em arte

bj

D disse...

quando eu fazia arte, minha mãe me botava de castigo :P